IR 2019: Conheça as despesas dedutíveis e os limites de cada uma

09/04/2019
IR 2019: Conheça as despesas dedutíveis e os limites de cada uma

 

Uma das principais dúvidas dos contribuintes ao fazerem IR, é com relação as despesas dedutíveis; que são valores que podem fazer com que o declarante tenha direito à restituição. Cada tipo de dedução tem uma norma específica e é muito importante ter muita precaução ao inseri-las na declaração, pois, qualquer erro poderá levá-lo(a) à Malha-Fina.


Para entender melhor os principais tipo de deduções e o limite de cada uma,  continue lendo.

1 - GASTOS COM EDUCAÇÃO
O limite individual de despesas dedutíveis com educação para o cálculo do IR é de R$ 3.561,50. No entanto, os gastos com instrução estão limitados à educação infantil, ensinos fundamental, médio, superior, pós-graduação e educação profissional.

2 - SAÚDE
As despesas dedutíveis relacionadas à saúde (tanto do declarante quanto de todos os seus dependentes) podem ser deduzidas de forma integral no cômputo do imposto de renda. Isso engloba os valores dispendidos com planos de saúde, dentistas, exames, hospital etc. Em cada gasto é necessário informar alguns dados, como: nome, o valor a ser pago, CNPJ da clínica ou CPF do profissional.

3 - PENSÃO ALIMENTÍCIA
Os pagamentos de pensão alimentícia podem ser incluídos integralmente no cômputo do imposto de renda. Contudo, isso ocorre se o pagamento for realizado em respeito a decisão judicial ou acordo firmado por escritura pública ou judicialmente. É importante lembrar que a pessoa que recebe a pensão está submetida à tributação e, se houve o pagamento de quantia  acima do acordado, somente o valor definido será dedutível.

4 - DEPENDENTES
Quem tem dependentes informados no IR pode deduzir até R$ 2.275,08. Se o valor máximo ultrapassar R$ 28.559,70 ao ano, os dependentes devem ser declarados separadamente, mesmo se forem menores de idade. São considerados dependentes os cônjuges, filhos, companheiros, pais avós e demais, desde que respeitem as condições estabelecidas, como a idade e comprovação judicial por dependência. É obrigatório informar o CPF de todos os dependentes. 

5 - PREVIDÊNCIA PRIVADA
Quem possui o Fundo de Aposentadoria Programada Individual (Fapi) ou Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) pode deduzir a quantia das contribuições 
realizadas, no limite de 12% dos rendimentos tributáveis do ano-base.

6 - PREVIDÊNCIA OFICIAL
As contribuições à Previdência Social Oficial da União, Estados e Municípios, podem ser abatidas integralmente do cômputo do Imposto de Renda. Isso vale para quem tem o INSS descontado no salário ou paga como autônomo.

 

 

Fonte: Jornal Contábil

library_books Veja mais...

@contal.contabeis
@contal.contabeis